Poucos as utilizam mas as lives são uma das melhores ferramentas para quem busca construir autoridade no segmento que atua. Isso vale para quem quer utilizar a influência digital como trabalho e seguir carreira como para quem quer utilizar a influência digital para alavancar seu negócio.

Hoje eu vou te contar um pouco de como as lives fizeram meu perfil crescer muito nos últimos meses, me aproximaram ainda mais do meu público e ainda ajudaram a divulgar todo o meu conteúdo em todos os meios possíveis.

Eu sei que você também tem vergonha de fazer uma live. Falar com seu público ao vivo é totalmente diferente de gravar um storie. E olha que também sei o quanto você se esforçou para conseguir gravar um storie filmando seu rosto, mas as lives são um passo muito além!

O storie é gravado, regravado, você divide a informação em quantos quiser, são apagados em 24 horas. Já a live, é ao vivo, conteúdo bem mais extenso, interação ao vivo com perguntas, respostas e feedbacks, mostram ao público o seu real engajamento com o número de expectadores e frequência de interação. Como disse, é um passo além!

Lives ajudam a construir uma conexão com seu seguidor. É o olho no olho que vai fazer ele decidir por acompanhar seu conteúdo, já que até então você é supostamente quem diz ser atrás do perfil. Desculpe as palavras, mas é isso mesmo. Todo nosso perfil é editado. Fotos com filtros e iluminação, destaques organizados, stories super rápidos. Na live não! É aí que muitos influenciadores quando começam a fazer as primeiras lives notam o quanto é importante ser bom ao vivo.

Passar a informação com segurança, seja qual for o nicho de atuação, é fundamental. Eu, expectador, preciso realmente sentir que é você que está atrás de todo aquele perfil que eu adoro seguir. É você quem produz o conteúdo que me agrada e quem me faz perder ou ganhar segundos do meu dia em stories assistidos.

Então posso colocar tudo a perder em uma live?

Não é bem assim. Pense: Então posso ganhar muito mais em uma live!

Minha experiência com lives.

Sempre após cada live que fazia eu notava como o número de seguidores disparava, as curtidas na live, os comentários ao vivo, toda a interação. Isso ajuda muito a fazer com que seu perfil tome uma relevância para o algoritmo dalí em diante.

Lembro que nas primeiras lives eu era muito tímido, mesmo como costume de gravar vídeos para o YouTube (que também são editados!). Quase ninguém assistiu mesmo com o perfil por volta de 5 mil seguidores e quase não houveram comentários. Nessa época eu postava a ferramenta de perguntas nos stories, colhia as perguntas, transcrevia para meu computador e respondia ao vivo. Não existia a ferramentar de responder perguntas na live como hoje.

Ao fim da noite eu achei um fracasso. Considerei não colocar a live por 24 horas no perfil mas um comentário me fez mudar de ideia. Uma seguidora me mandou via direct minutos após a live: “Muito obrigado pela dica! Eu nem imaginava nada disso. Adorei a sua forma de explicar”. 

São feedbacks tão pequenos assim que me deram o gás para marcar a nova live pra semana que vem no mesmo estilo de perguntas e respostas. As lives alavancaram meu perfil, hoje já são mais rotineiras, os seguidores me cobram lives e sabe por que isso aconteceu? Porque eu construí influência digital resolvendo um problema do meu seguidor.

É como um gatilho da reciprocidade. Eu o respondi, eu resolvi seu problema, eu dei uma dica útil, eu ajudei de alguma forma. Ele me devolve isso me seguindo, acompanhando meu conteúdo e até o compartilhando porque ele sente que pode ser mais útil a mais pessoas.

Conteúdo para as lives.

Fiz tantas lives que um dia em uma delas me perguntaram sobre como decidir um conteúdo para a live.

Cheque toda a sua programação de conteúdo, caso tenha. Caso não tenha, peça sugestões na ferramenta de perguntas, lance enquetes. Tudo para saber o que seu seguidor pensa. Dê uma passada nas estatísticas do perfil, verifique que conteúdo ele anda acessando.

Separe um problema chave do seu cliente e foque em resolver pela live. Não precisa se preocupar com números de expectadores, tamanho do seu perfil, comentários. Só inicie a live e faça desse um hábito.

Já pensou em cobrir eventos da sua loja? Ou transmitir ao vivo um ensaio fotográfico para uma campanha que está montando? Já pensou em dividir como você faz sua maquiagem para ir a academia? Que tal mostrar os detalhes de um curso que acabou de fazer? Você também pode explicar como um procedimento é feito na sua empresa. Pode mostrar aplicativos que utiliza para determinadas tarefas no seu dia a dia. Assunto não falta! Quebre esse medo e comece a fazer lives com frequência.

Pra terminar o post, vou te apresentar alguns benefícios da live.

  • Firmam uma relação mais íntima com o seguidor: responder o seguidor ao vivo, mostrar os bastidores do seu trabalho.
  • Fazem com que seu perfil seja exibido a todos aqueles seguidores que não recebem seus posts: sua foto de perfil, na aba de stories, irá para o início da lista imediatamente!
  • Constroem sua autoridade no segmento que atua: você não tem o que esconder, compartilha seu conhecimento e mostra como se faz seu trabalho. Você é o melhor!
  • Preparam você para eventos maiores: imagina ser convidado a palestrar em um evento da sua área?
  • Podem ser uma fonte de rentabilização: você, influenciador, pode vender uma live cobrindo eventos.
  • Mostrar seu trabalho em ação: é a chance de todo mundo ver seu trabalho sem ir até sua loja física. Deixe-os babando pelo o que você faz!

Você já fez alguma live? Tem vergonha? Já faz há um tempo e melhorou? Conta aqui, no YouTube ou no Instagram como foi sua evolução ou sua principal dificuldade! 


Miller Rangel

Advogado. Influencer. YouTuber. Minha missão é te mostrar como a influência digital pode mudar completamente a forma como você trabalha seu conteúdo e seu público, como você enxerga sua marca, fecha boas parcerias para rentabilizar muito e, principalmente, como você pode aumentar seu número de conversões em clientes.

0 comentário

Deixe sua opinião!

%d blogueiros gostam disto: